Rafael Hubie conquistou sua primeira vitória da temporada no apertado oval de Martinsville. Romar Arns foi o segundo e Thiago Ferreira o terceiro.

Largada em Martinsville

Romar Arns foi o pole-position para a 7ª etapa da Nascar Extreme Series, em Martinsville. Rafael Hubie largou ao seu lado, com Fred Fonseca na terceira posição e Marcio Caetano em quarto. Em uma largada tranquila, os três primeiros mantiveram as posições, mas já na segunda volta Romar perdeu a liderança para Hubie após cometer um pequeno erro.

As posições permaneceram inalteradas até a segunda bandeira amarela da corrida, causada por um erro de Endrigo de Castro na volta 43. Romar Arns e Marcio Caetano escolheram não fazer troca de pneus neste período de amarela, formando uma primeira fila 100% Escuderia Sul-Brasil na relargada da volta 49. Marcio rapidamente perdeu posições, até encerrar sua corrida prematuramente em um acidente com Marcelo Fernandes.

A corrida reiniciou na volta 56, com Romar Arns na liderança, seguido por Mike Ramos, Rafael Hubie, Fred Fonseca e Edgar Montelo. Hubie assumiu a segunda posição já na relargada, se distanciando do restante do pelotão junto com Romar. Edgar Montelo pulou para a terceira posição e trouxe o restante do pelotão, permanecendo estas as posições até a volta 85, quando um acidente entre Marcelo Fernandes e Fred Fonseca trouxe nova bandeira amarela.

“The Race Off Pit Road”

Na rodada de pit stops que seguiu, Rafael Hubie conseguiu voltar à frente de Romar Arns, e os dois novamente se distanciaram do restante do pelotão após a relargada. Montelo permaneceu na terceira posição até a volta 142, quando se encerrou o maior período em bandeira verde da noite. Logo em seguida, Edgar Montelo teve um problema de conexão, perdendo várias voltas.

Thiago Ferreira surgiu na terceira posição na próxima relargada, enquanto Hubie e Arns seguiam firmes nas duas primeiras posições. Com dez voltas para o final, um erro de Rodrigo Azevedo, que era o quarto colocado, trouxe mais uma amarela. O próprio Rodrigo escolheu não trocar pneus para o trecho final de prova, estratégia seguida por Alysson Pereira, mas que não deu frutos: Rodrigo e Alysson se tocaram na última relargada da prova, abrindo caminho para Rafael Hubie vencer a prova. Romar Arns, Thiago Ferreira, Laercio Leite e Mike Ramos completaram o Top 5.

Confira os melhores momentos da etapa:

Assista o VT na íntegra:

Rodrigo Novaes não dá chance a rivais e vence em Laguna Seca

out 17, 2017

Com desempenho dominante, Novaes completou um Grand Chelem ao fazer a pole, volta mais rápida, liderar todas as voltas e, claro, sair com a vitória.

PrimeTime Grand Touring é sucesso na estreia em Suzuka

jun 23, 2017

32 Pilotos tiveram presentes na 1° etapa do PrimeTime Grand Touring na pista de Suzuka no Japão. Uma pista muito técnica para os pilotos que exige muito do acerto do carro para bom comportamento em pista. Retas longas , chicanes curtas , curvas de altas, curvas de baixa e alguns cotovelos era o que esperava pelos pilotos.

Campeonato que era para ter os modelos de Ferrari F488 e Ford GT participando foi completamente dominado pelas Ferrari F488 tendo apenas 1 Ford GT em pista.

Na sessão de classificação a Pole Position ficou com Rodrigo Baronio com o tempo de 1.53.169 seguido por Eduardo Borguert com 1.53.606 e em terceiro para fechar o top 3 ficou Marcello Nascimento com 1.53.666.

Na primeira bateria com 25 minutos de duração já logo na largada tiveram alguns acidentes envolvendo 4 pilotos porém o restante do grid passou ileso.

Marcello Nascimento e Eduardo Borguert fizeram uma prova com bastante disputas que foi até o final da prova na ultima volta quando Borguert assumiu a liderança da prova enquanto Marcello enfrentava problemas com combustível da sua Ferrari F488 em terceiro lugar finalizou Luiz Gonzaga Filho

Na segunda bateria com os 10 primeiros lugares invertidos e com duração de 40 minutos o grid de largada ficou com Rodrigo Novaes , Marlon Schunemann , Carlos Scalassara , Guilherme Buzato , João Lucas , Renan Henrique , Rodrigo Baronio , Luiz Gonzaga Filho , Marcello Nascimento e Eduardo Borguert finalizando o Top 10.

Na Largada logo na primeira curva o pelotão da frente acabou se tocando e começou os acidentes envolvendo vários pilotos alguns ainda conseguiram desviar pela grama e pela área de escape que a curva 1 proporciona.

A corrida foi muito disputada ao longo dos 40 minutos com paradas de boxes e muita emoção na pista com grandes disputas e também alguns acidentes com consequência dessas grandes disputas.

Guilherme Buzato venceu a segunda bateria seguido de longe por Neto Nascimento que teve destaque após largar de P30 finalizou a prova em P2 e o terceiro lugar ficou com Rodrigo Baronio finalizando essa grande estreia do PrimeTime Grand Touring em Suzuka.

Próxima etapa será dia 04 de Julho em Sonoma Raceway Long e você não pode perder novamente essa grande categoria em pista!

Você que não assistiu a corrida pode acessar e acompanhar o VT por completo

Na estratégia e na economia, José Telmo vence em Watkins Glen

set 26, 2017

Com uma estratégia de economia de combustível, José Telmo foi o vitorioso na 18ª etapa do Brasileiro de Formula, realizado na última segunda-feira em Watkins Glen. Telmo foi o segundo colocado na qualificação, com seu companheiro de equipe Thiago Careca na pole e Bruno Risseto em terceiro.

O início de corrida foi muito tranquilo em Glen, Thiago Careca fez ótima largada e manteve a primeira posição. Poucas ultrapassagens na primeira volta e logo no ínicio da prova os pilotos já apareciam alinhados em fila indiana, com poucas trocas de posições dentro do Top 10. Também nas primeiras voltas, um toque entre Arnaldo Meurer e Sandro Correa acaba por eliminar os dois da prova.

Largada em Watkins Glen

Na volta 20, enquanto perseguia José Telmo em disputa pela segunda posição, Bruno Risseto perdeu o controle de seu carro sendo atingido por Aecio Telles, que vinha logo atrás e foi forçado a abandonar a corrida por conta do acidente. Com o acidente, quem levou a melhor foi Rubens Barrichello que havia largado em quinto e seguia na mesma posição, herdando as posições dos envolvidos. Logo em seguida os pilotos começam a fazer suas paradas para reabastecimento, e sem grandes supresas, as posições se mantiveram.

Na volta de número 27, uma pequena saída de pista de Rubens Barrichello foi fatal para levar seu carro ao muro, danificando sua asa dianteira e exigindo que o mesmo abandonasse a prova. A partir daí, uma trinca da Djamba Racing Team liderava a prova: Thiago Careca tinha ampla vantagem para seus companheiros José Telmo em segundo e Rodrigo Matzumuro, que havia largado em sétimo, com um ritmo constante e cometendo pouquíssimos erros alcançando a terceira posição. Se o resultado se confirmasse, seria um fato único e histórico no iRacing Brasil, com três carros da mesma equipe no pódio.

O ponto alto da corrida ficou mesmo para as últimas voltas, quando as diferentes estratégias começaram a mostrar seus resultados. Thiago Careca e Rodrigo Matzumuro precisaram fazer um splash and go, perdendo posições: José Telmo, que havia economizado combustível suficiente, assumiu a liderança para não mais perder, deixando Careca com o segundo lugar; Matzumuro caiu para a quarta posição, sendo ultrapassado por Bruno Risseto. Paulo Blanco fechou o Top 5.

Assista ao VT na íntegra:

Leave a Comment